Artigos

Os cinco melhores filmes de sempre

É sempre discutível apontar uma lista de melhores filmes de todos os tempos, mas nós decidimos arriscar um pouco. Entre as escolhas partilham em comum terem uma elevada carga humana, assim como personagens carismáticas, que muito dificilmente a audiência se esquece.

Fiquem então com os cinco melhores filmes de sempre.

 

5. Casablanca

Remete-nos para Casablanca, Marrocos, no período da 2ª Guerra Mundial, na vigência do governo de Vichy. Este drama romântico mostra Rick (Humphrey Bogart), dono de um bar muito frequentado pelas altas patentes nazi e não só, ser confrontado com um dilema. Ajudar a sua amada Ilsa (Ingrid Bergman) e o seu marido Victor Lazlo, líder da resistência aos nazi, a fugirem para Lisboa ou não fazer caso e continuar com a sua vida.

É um belo filme de se ver, onde se nota o carisma do Bogart e a excelente cumplicidade que demonstrou com Bergman. De certa forma é daqueles filmes que nos transportam para a aquela época dourada de Hollywood, própria dos anos 40/50.

 

4. Raging Bull

Assistimos à ascensão de Jake LaMotta, filho de pais emigrantes de Itália, até ao estrelato como pugilista. Apontado como um dos melhores filmes de Scorcese e De Niro, este foi um dos primeiros filmes de boxe, que marcou o estilo que hoje se reconhece em filmes do género de “Rocky“.

 

3. A Lista de Schindler

Este filme remete-nos para a 2ª Guerra Mundial conta a história de um homem rico alemão que gasta toda a sua fortuna para ajudar os judeus a escaparem das garras dos soldados nazi. Nesta fita fica patente que mesmo na pior fase da história da humanidade, a bondade e empatia do ser humano impera.

O Holocausto é um tema já muito abordado no cinema, mas o realismo que se verifica neste filme não têm semelhante na história do cinema, na nossa opinião. Uma verdadeira obra-prima, que deveria ver obrigatoriamente. Liam Neeson interpreta brilhantemente Oscar Schindler. Ralph Fiennes encarnou Amon Goeth, o malvado soldado nazi, de forma assustadora.

 

2. O Padrinho

Um clássico do cinema. Aborda a história da ascensão da influência da família Corleone nos mais diversos ramos da sociedade norte-americana e as rivalidades territoriais com outras famílias mafiosas.

O carisma de Marlon Brando no papel de gangster, a competência do jovem Al Pacino e o retrato fiel cultura da máfia italiana são as principais características pelas quais o filme é bastante aclamado pela crítica.

 

1. The Shawshank Redemption

Assistimos à condenação de Andy Dufresne (Tim Robbins) À prisão, depois de ter sido acusado de ter morto a sua mulher e amante. Na prisão trava amizade com Red (Morgan Freeman), ao mesmo tempo que vai aumentando a sua influência dento da prisão, devido aos seus conhecimentos como banqueiro. Até ao dia em que consegue escapar da prisão.

Inicialmente, este filme teve um fraco desempenho nas bilheteiras. Mas a Academia não fechou os olhos e colocou-o entre os nomeados para os Óscares em 1995. É uma película que acima de tudo aborda de forma subtil a liberdade.

Apesar de a ação se passar na prisão, logicamente um local onde ninguém quer algum dia meter os pés, não é um filme completamente sombrio. Há bastantes rasgos de humanidade e e talvez isso que tenha conquistado a crítica.

Também Poderás Gostar



Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top