Críticas

Crítica – The Monuments Men – Os Caçadores de Tesouros

“The Monuments Men – Os Caçadores de Tesouros” é um filme baseado na verídica e difícil tarefa que um improvável pelotão recebeu para desempenhar, no fim da Segunda Guerra Mundial, nomeadamente a de resgatar obras de arte roubadas pelos Nazis e devolver as mesmas aos seus legítimos proprietários.

A premissa é interessante, na medida em que, além de se tratar de uma história verídica, o pelotão era composto por homens, cujas qualificações em nada tinha a ver com as suas aptidões militares. O pelotão era composto por directores de museus, curadores e historiadores de arte, que tinham de resgatar essas obras, antes que os Nazis destruíssem as mesmas e eliminassem um legado, que as gerações vindouras já não teriam acesso.

Os Caçadores de Tesouros

Além disso, sendo o filme composto por um elenco de luxo, como George Clooney (que também é realizador do filme), Matt Damon, Bill Murray, John Goodman e Cate Blanchett, esperava-se uma obra “digna”, o que não se verificou. Na realidade, o filme desaponta os espectadores a todos os níveis, ainda mais quando todos tinham expectativas elevadas em relação ao mesmo.

Apesar do elenco ser de luxo, no que concerne à interpretação dos mesmos, nenhum consegue realmente se destacar. As personagens têm pouca profundidade, aparecem pouco tempo e, basicamente, quinze minutos depois de sairmos do cinema, já nem nos lembramos dos nomes de, pelo menos, duas ou três personagens. Ou seja, durante o filme, o espectador nunca cria qualquer laço emocional com as personagens.

Mas, em parte, a culpa é também do próprio guião. Embora não tenha lido o livro, em que este filme se baseia, certamente terá outra profundidade, que o guião não consegue transportar para o filme, resultando em personagens planas e com “linhas” demasiado curtas, o que torna mais difícil o trabalho dos actores.

A própria abordagem ao filme, não sei se por intenção de Clooney, parece-me errada. A Segunda Guerra Mundial foi um dos períodos mais negros da história da humanidade, onde ocorreram enormes atrocidades. Embora este filme fosse sobre a recuperação de obras de arte, durante este período, o certo é que se tratava de recuperar obras imprescindíveis para outras gerações, para proteger todo um passado cultural, que não devia nem podia ser destruído. E, acima de tudo, homens arriscaram a sua vida e outros morreram para recuperar e proteger essas obras e esse passado. Deste modo, julgo que essa obra monumental merecia uma abordagem mais séria.

Não direi que o filme é mau, mas sim que o resultado é um filme pouco ambicioso, por vezes, aborrecido, em que tudo é retratado de forma demasiado “light”, e sem nunca conseguir, realmente, ligar o espectador às personagens e à sua história.

[box type=”success”]
Definitivamente, o elenco de luxo.
[/box]

[box type=”error”]
A abordagem errada ao filme, bem como o fraco guião.
[/box]

The Monuments Men - Caçadores de Tesouros

Também Poderás Gostar



1 Comment

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top