Críticas

Crítica – Pompeia

“Pompeia” é um filme épico realizado por Paul W.S. Anderson e que conta nos principais papéis com actores como Kit Harington, Emily Browning e Kiefer Sutherland.

A história centra-se num escravo que se torna um gladiador imponente, ao mesmo tempo que tem de lutar contra o tempo para salvar quem ama, uma mulher prometida a um senador romano. Quando o monte Vesúvio entra em erupção, ele tem de lutar para salvar a sua amada de uma Pompeia prestes a ficar destroçada.

Pompeia - Filme

Apesar de a premissa ser interessante e de eu ser um grande fã de filmes épicos e históricos, o resultado pouco satisfaz. Além das sequências de acção e dos efeitos especiais, o filme é uma tremenda desilusão, especialmente para quem queria um filme próximo do que realmente aconteceu em Pompeia.

Na realidade, além do catástrofe que aconteceu naquele dia fatídico, muitos eventos que acontecem no filme não aconteceram na realidade. Por exemplo, não existiu a “chuva de fogo” que vemos no filme nem mesmo o tsunami. Na realidade, em Pompeia, a maior parte das pessoas morreu devido ao extremo calor e às cinzas, que sufocaram a cidade, apesar dos 10 quilómetros de distância do Vesúvio.

Contudo, não é só as lacunas históricas que irritam o espectador, pois o guião também é muito fraco, cheio de buracos na história que não são explicados, e as interpretações dos actores são ainda piores. Kiefer Sutherland tem provavelmente a pior interpretação da sua carreira.

Quiçá o filme tentou sacar algum sucesso, fruto da popularidade de Kit Harington, um dos protagonistas da série de TV do momento, “Game of Thrones”, mas nem isso lhe valeu, nem mesmo os efeitos em 3D que muitos viram no cinema.

Em suma, é um filme que acaba por ter poucos aspectos positivos, pelo que “Pompeia” é um filme a evitar, excepto se você for um adepto de efeitos especiais e boas sequências de acção.

[box type=”success”]
Boas sequências de acção e efeitos especiais.
[/box]

[box type=”error”]
Demasiadas lacunas históricas, buracos no enredo e más interpretações.
[/box]

Também Poderás Gostar



Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top